dezembro

Dezembro Laranja e Vermelho: ações de saúde corporativa

16 dezembro, 2021

O mês de dezembro é marcado por duas campanhas muito importantes para o setor da saúde: o dezembro vermelho e o dezembro laranja.

Ações de saúde corporativa são ótimas maneiras para promover a prevenção e a saúde para seus colaboradores, e campanhas ajudam a impulsionar a importância delas.

Continue lendo e saiba mais sobre as campanhas de dezembro e como aplicá-las dentro da saúde corporativa!

Dezembro Laranja

A pele é o maior órgão do corpo humano e está sujeita à grande exposição das agressões causadas pelo sol. Como um país tropical, as atividades ao ar livre com exposição ao sol são muito comuns no Brasil e, com a falta de cuidado na execução dessas atividades, o câncer de pele não melanoma acabou se tornando o mais recorrente no país.

Segundo dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), cerca de 185 milhões de brasileiros por ano são diagnosticados com câncer de pele, com 176 mil sendo do tipo não melanoma, o tipo de câncer mais recorrente no país, e 8 mil do tipo melanoma, o tipo mais grave de câncer de pele.

Com esses dados, surgiu a necessidade de conscientizar a população sobre a doença e incentivar a prevenção, acabando por nascer a campanha de Dezembro Laranja, criada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia em 2014.

dezembro

Dezembro Vermelho

O Dezembro Vermelho é uma campanha instituída pela Lei nº 13.504/2017, tratando da luta contra o vírus HIV/AIDS e outras ISTs (infecções sexualmente transmissíveis), procurando mobilizar a população em nível nacional para conscientizá-la sobre prevenção, assistência e a proteção dos direitos das pessoas infectadas com HIV.

A AIDS é a síndrome da imunodeficiência adquirida, doença causada pelo vírus HIV, um retrovírus que ataca o sistema imunológico, o sistema responsável pela defesa do nosso organismo contra doenças. O vírus é capaz, inclusive, de alterar o DNA das células e fazer cópias de si mesmo.

Cerca de 6 milhões de pessoas no mundo vivem com HIV sem ter a mínima ideia, de acordo com dados da UNAIDS. Estima-se que todas as Infecções Sexualmente Transmissíveis estejam em alta no Brasil nos últimos dez anos, especialmente entre os jovens, dados que reforçam a importância dessa campanha para o combate da doença.

Por que a corretora de saúde/administradora de benefícios tem um papel importante nas ações de saúde?

Um corretor de saúde/administrador de saúde é muito mais do que um vendedor de planos de saúde; é preciso que ele seja um gestor de saúde.

O papel de um gestor de saúde eficiente é analisar todos os pontos necessários de cuidado com o beneficiário. Para entregar proposta de valor e se diferenciar no mercado de saúde, é necessário considerar além da análise de dados assistenciais dos beneficiários, e contemplar os pontos de cuidado com a saúde a partir de ações preventivas como o Dezembro Laranja ou Vermelho, apoiando as empresas na implantação dessas ações e analisando resultados a curto, médio e longo prazo. 

As corretoras/administradoras que realmente investem no relacionamento com o cliente os retém com mais facilidade, garantindo sua satisfação e uma parceria duradoura. Promover a saúde corporativa do seu cliente é vantajoso para a corretora/administradora: quando o cliente se torna mais saudável, a sinistralidade também se torna mais equilibrada e a empresa fica financeiramente bem.

Se quiser saber mais sobre as campanhas de Dezembro Vermelho e Laranja e ações de saúde corporativa, baixe o nosso guia!

Leia também

Deixe seu comentário

O mês de dezembro é marcado por duas campanhas muito importantes para o setor da saúde: o dezembro vermelho e o dezembro laranja.

Ações de saúde corporativa são ótimas maneiras para promover a prevenção e a saúde para seus colaboradores, e campanhas ajudam a impulsionar a importância delas.

Continue lendo e saiba mais sobre as campanhas de dezembro e como aplicá-las dentro da saúde corporativa!

Dezembro Laranja

A pele é o maior órgão do corpo humano e está sujeita à grande exposição das agressões causadas pelo sol. Como um país tropical, as atividades ao ar livre com exposição ao sol são muito comuns no Brasil e, com a falta de cuidado na execução dessas atividades, o câncer de pele não melanoma acabou se tornando o mais recorrente no país.

Segundo dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), cerca de 185 milhões de brasileiros por ano são diagnosticados com câncer de pele, com 176 mil sendo do tipo não melanoma, o tipo de câncer mais recorrente no país, e 8 mil do tipo melanoma, o tipo mais grave de câncer de pele.

Com esses dados, surgiu a necessidade de conscientizar a população sobre a doença e incentivar a prevenção, acabando por nascer a campanha de Dezembro Laranja, criada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia em 2014.

dezembro

Dezembro Vermelho

O Dezembro Vermelho é uma campanha instituída pela Lei nº 13.504/2017, tratando da luta contra o vírus HIV/AIDS e outras ISTs (infecções sexualmente transmissíveis), procurando mobilizar a população em nível nacional para conscientizá-la sobre prevenção, assistência e a proteção dos direitos das pessoas infectadas com HIV.

A AIDS é a síndrome da imunodeficiência adquirida, doença causada pelo vírus HIV, um retrovírus que ataca o sistema imunológico, o sistema responsável pela defesa do nosso organismo contra doenças. O vírus é capaz, inclusive, de alterar o DNA das células e fazer cópias de si mesmo.

Cerca de 6 milhões de pessoas no mundo vivem com HIV sem ter a mínima ideia, de acordo com dados da UNAIDS. Estima-se que todas as Infecções Sexualmente Transmissíveis estejam em alta no Brasil nos últimos dez anos, especialmente entre os jovens, dados que reforçam a importância dessa campanha para o combate da doença.

Por que a corretora de saúde/administradora de benefícios tem um papel importante nas ações de saúde?

Um corretor de saúde/administrador de saúde é muito mais do que um vendedor de planos de saúde; é preciso que ele seja um gestor de saúde.

O papel de um gestor de saúde eficiente é analisar todos os pontos necessários de cuidado com o beneficiário. Para entregar proposta de valor e se diferenciar no mercado de saúde, é necessário considerar além da análise de dados assistenciais dos beneficiários, e contemplar os pontos de cuidado com a saúde a partir de ações preventivas como o Dezembro Laranja ou Vermelho, apoiando as empresas na implantação dessas ações e analisando resultados a curto, médio e longo prazo. 

As corretoras/administradoras que realmente investem no relacionamento com o cliente os retém com mais facilidade, garantindo sua satisfação e uma parceria duradoura. Promover a saúde corporativa do seu cliente é vantajoso para a corretora/administradora: quando o cliente se torna mais saudável, a sinistralidade também se torna mais equilibrada e a empresa fica financeiramente bem.

Se quiser saber mais sobre as campanhas de Dezembro Vermelho e Laranja e ações de saúde corporativa, baixe o nosso guia!